Educadora Fafit 88,7 Mhz

Itararé

  • Temperatura Mínima 17
  • Temperatura Máxima 31

No Ar!

Rock Brasil (Nacional)

Ouça ao Vivo

Formandos de Sistemas de Informação da Fafit apresentam pesquisas para conclusão de curso

Publicado em 7 jun 2017

Desenvolvimento de software já com propostas de comercialização, pesquisas inéditas ou voltadas para economia da região estão entre os destaques dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) desenvolvidos pelos acadêmicos de Sistemas de Informação (S.I.) da Fafit, apresentados à banca avaliadora, semana passada.

“Os temas abordados nos artigos abrangem as diversas áreas de acordo com a afinidade de cada aluno. Neles os estudantes desenvolvem e comparam conceitos e tecnologias atuais, assim é possível afunilar toda a base conceitual adquirida durante o curso em um produto final, o qual em muitas vezes é a porta de entrada para uma nova carreira”, resumiu o coordenador do curso de S.I. e também membro da banca, professor Ms. Ricardo Czelusniak da Silva, mestre em Informática pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). “A apresentação de um artigo científico ou técnico é uma forma de transmitir à comunidade técnico-científica o conhecimento de descobertas, e o desenvolvimento de novos materiais, técnicas e métodos de análise nas diversas áreas da ciência, bem como convalidar o aprendizado obtido durante o período da graduação”, complementou o professor e membro da banca avaliadora, Ms. José Ricardo Hoffmann, especialista em Redes de Computadores e mestre em Engenharia Elétrica e Informática Industrial Área Telemática, pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

De acordo com Hoffmann, foram produzidas pesquisas muito interessantes, cada qual em suas sub áreas específicas. “Destaco como exemplo o artigo do aluno João Carlos de Paiva Ferreira, que trata de uma otimização para controle de estoque fazendo uso de uma eurística da Computação Evolucionária (Inteligência Artificial) denominada de Algoritmos Genéticos”, disse Hoffmann. Já Czelusniak citou o artigo do acadêmico Guilherme Vinicius Schroder como um dos destaques entre os TCCs deste semestre: “além do cunho cientifico, a pesquisa sobre ‘Reconhecimento óptico de marcas em testes de múltipla escolha utilizando a linguagem Java’ se tornou um software e já possui empresas interessadas em o comercializar”.

A pesquisa do acadêmico Felipe Farias é um exemplo de pesquisa voltada à economia regional. Como Itararé está situada em uma região voltada ao reflorestamento e Farias já atua há anos em uma empresa que desenvolve e implementa soluções tecnológicas para o setor florestal, seu artigo foi voltado para este setor. “Uma das atividades realizadas por essas empresas é o faturamento, onde a emissão de notas fiscais eletrônicas é realizada diretamente nas fazendas. O grande desafio nesse caso é garantir uma infraestrutura confiável e estável para o desenvolvimento das atividades. Em atividades distribuídas e com alto volume de movimentação, muitas vezes não é possível a utilização de tecnologias convencionais, como a utilização de fibra ótica, par metálico e internet via rádio. Dessa forma a utilização de soluções de satélite é a melhor opção. Minha pesquisa é referente a conectividade via satélite, escolher a melhor tecnologia para cada caso e garantir a estabilidade da conectividade em situações adversas. Escolhi esse tema pois, além de contribuir com a História da Tecnologia, pude analisar e aplicar os conhecimentos adquiridos em nossas atividades, auxiliando na tomada de decisões por qual tecnologia utilizar em cada cliente e em cada situação”, explicou Farias.

De acordo com a banca avaliadora, o artigo “Funcionamento de redes definidas por software utilizando o protocolo Open Flow”, do acadêmico Willian Pinheiro, também está entre os que merecem destaque por seu ineditismo. “Conheci este tema há 2 anos na conferência de software livre e achei muito interessante a tecnologia. Desde então realizei várias pesquisas sobre o assunto, sendo o artigo uma oportunidade que possibilitou o crescimento do meu conhecimento em relação ao tema”, resumiu Pinheiro.

Vale ressaltar que entre os acadêmicos entrevistados, tanto os que já atuavam no setor de S.I. antes de entrar na faculdade quanto aqueles que ingressaram no curso como leigos se sentem hoje aptos a enfrentar o mercado de trabalho. “O curso é excelente, aprender com profissionais capacitados e atuantes na área de tecnologia faz toda a diferença. Com toda certeza, hoje me sinto mais maduro e mais capacitado para enfrentar novos desafios”, comentou Farias. Já Pinheiro salienta: “quando comecei o curso eu era leigo na área, durante esses quatro anos estou buscando sempre adquirir o máximo de conhecimento possível, para que eu possa estar preparado para as oportunidades que irão aparecer daqui em frente”.

Para os formandos, segue o lembrete final do professor Hoffmann: “a busca do conhecimento não acaba quando vem a formação acadêmica, os alunos devem continuar buscando conhecimento para uma constante evolução técnica, principalmente em nossa área Tecnológica que não para de evoluir”.

Ricardo Czelusniak e José Ricardo Hoffmann, dois dos quatro membros da banca avaliadora dos TCCs de Sistemas de Informação

Felipe Farias, autor do artigo “Conectividade via satélite geoestacionários para faturamento florestal”

Willian Pinheiro, autor do artigo “Funcionamento de redes definidas por software utilizando o protocolo Open Flow”

Postado em: Notícia


Fundação FAFIT de Rádio e TV Educativa

R. Krikor Derderian, 208
Itararé / SP - CEP: 18460-000
Fone: (15) 3531-1930

Programação

Podcast

  • Os mais acessados
  • Os mais comentados
  • Próximos Podcasts

Institucional

  • Contato
  • Equipe
  • A Emissora

Redes Socias