Educadora Fafit 88,7 Mhz

Itararé

  • Temperatura Mínima 20
  • Temperatura Máxima 27

No Ar!

Quarentena

Ouça ao Vivo

EDUCAÇÃO: Bolsas do ProUni já podem ser consultadas

Publicado em 18 jan 2016

PRAN160048

As bolsas de estudos da primeira edição de 2016 do Programa Universidade para Todos, o ProUni, já podem ser consultadas na internet. A consulta foi liberada nesta segunda-feira pelo ministério da Educação. O programa oferece bolsas em cursos de instituições privadas de ensino superior para estudantes brasileiros de baixa renda. As inscrições para o programa começam nesta terça-feira e seguem até às 23 horas 59 minutos do dia 22 de janeiro.

Para fazer a inscrição, o candidato precisa ter participado da edição de 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas, além, de não ter tirado nota zero na prova de redação. Só podem concorrer às vagas, os estudantes que não possuem diploma de curso superior.

As bolsas de estudo são oferecidas aos alunos que cursaram o ensino médio em escolas públicas ou na condição de bolsistas em escolas particulares. Pessoas com deficiência e professores da rede pública que estejam exercendo a profissão também podem participar da seleção.

As bolsas integrais são para candidatos com renda familiar bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo mensal. As bolsas parciais são destinadas a participantes com renda familiar bruta por pessoa de até três salários mínimo mensais.

O resultado da primeira chamada do ProUni será divulgado no dia 25 de janeiro e o da segunda chamada, em 12 de fevereiro. Para consultar as vagas, o estudante deve acessar o endereço eletrônico: www.siteprouni.mec.gov.br.

Postado em: Podcast


BRASIL: 36% dos brasileiros admite fazer compra para aliviar o estresse cotidiano, afirma SPC Brasil

Publicado em 17 jan 2016

Levantamento feito em todas as capitais e no interior do país pelo Serviço de Proteção ao Crédito, o SPC Brasil, e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, o CNDL, revela que 36 por cento da população brasileira admite que fazer compras é uma forma de aliviar o estresse do cotidiano. A pesquisa foi realizada com 785 consumidores acima de 18 anos nas 27 capitais. O levantamento aponta ainda que três em cada 10 consumidores concordam em fazer compras quando se sentem deprimidos. As mulheres são as que mais compram no momento do estresse com quase 43 por cento e os consumidores da classe A e B com quase 40 por cento. Além disso, quase a metade dos consumidores com 47 por cento, também admite fazer compras para se sentir bem. O estudo mostra que as mulheres são mais sensíveis na hora de comprar por impulso e que são elas que mais admitem a sensação de prazer ao comprar algo sem planejar, além de serem as que mais citam o ato de fazer compras como o tipo de lazer preferido. Segundo o educador financeiro do portal Meu Bolso Feliz, José Vignoli, o estado emocional explica o comportamento impulsivo do consumidor. De acordo com o SPC, a maior parte dos entrevistados não consegue resistir aos próprios desejos porque acredita que se não realizarem aquela compra, mesmo que o produto seja desnecessário, vão desperdiçar uma boa oportunidade. Um dos principais problemas associados ao comportamento compulsivo é o risco de endividamento excessivo.

Postado em: Podcast


De olho nas estradas de SP:

Publicado em 14 out 2015

Trevo da SP-127 em Itapetininga tem bloqueio para obras a partir desta quinta-feira

Postado em: Podcast


Justiça decide que operadoras seguem proibidas de cortar a internet

Publicado em 20 maio 2015

Operadoras continuam proibidas de bloquear a internet. É o que decidiu o Tribunal de Justiça de São Paulo, que negou o recurso das empresas de telefonia para tentar derrubar a liminar que proíbe a suspensão da internet móvel após o fim da franquia nos contratos de planos ilimitados de acesso à web.

O relator do caso, desembargador Gomes Varjão, justificou a decisão dizendo que esse procedimento, depois de esgotada a franquia estabelecida contratualmente, surpreendeu milhões de consumidores.

Ele avaliou que apesar de a interrupção ter sido baseada numa resolução da Anatel que autoriza mudança do padrão estabelecido as empresas tinham que ter informado com clareza que a forma de acesso à internet seria provisória e de caráter promocional, e que poderia ser modificada durante a execução do contrato.

Postado em: Podcast


Enem digital pode ser testado por estudantes, mas governo anuncia cortes na implantação

Publicado em 20 maio 2015

Estudantes poderão testar o Enem digital, mas o governo vai reduzir os custos para a implantação desse novo formato.

De acordo com o edital do exame, publicado nesta semana no Diário Oficial da União, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira poderá convidar alunos do 1º ou 2º ano para experimentar a prova digital. Seriam estudantes menores de 18 anos que vão concluir o ensino médio depois de 2015.

Mas, de acordo com o ministro da Educação, Renato Janine, os custos para a implantação do Enem Digital sofrerão um corte:

Sonora

Os resultados dos estudantes que participarem dos testes do Enem Digital não poderão ser usados para certificar o Ensino Médio nem para entrar no Ensino Superior. O novo formato vai permitir que o candidato agende o exame. As questões serão sorteadas em um banco público de itens nas quatro áreas de conhecimento abordadas na prova.

Postado em: Podcast


É bem simples tirar o atestado de antecedentes criminais em SP

Publicado em 18 maio 2015

Quem teve o RG emitido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo não precisa sair de casa para emitir o atestado de antecedentes criminais.

O cidadão só precisa acessar a página www.seguranca.sp.gov.br e clicar em Atestado de Antecedentes, no ícone Serviços.

Assim que a nova janela abrir, ele deve preencher os campos com o seu nome, o de seus pais e os dados de seu documento de identidade. Em seguida, o sistema vai emitir um código de segurança que deve ser usado para validar o documento.

O atestado de antecedentes criminais traz uma resposta positiva ou negativa quanto a possíveis pendências jurídico criminais. Ao ser emitido, ele apresenta a situação do cidadão no momento da pesquisa.

Quem possui RG de outros estados pode solicitar o atestado de antecedentes criminais nos postos do Poupatempo.

Postado em: Podcast


Malhar faz idosos viverem até cinco anos a mais

Publicado em 18 maio 2015

Praticar exercício físico pode aumentar a expectativa de vida de pessoas idosas em cinco anos. É o que afirmam pesquisadores da Universidade de Oslo, capital da Noruega.

De acordo com eles, malhar na terceira idade pode fazer tão bem à saúde quanto parar de fumar. Os cientistas acompanharam 5.700 noruegueses, com idades entre 68 e 77 anos, durante 12 anos. Conclusão: idosos que praticavam pelo menos três horas de atividades físicas por semana viveram cerca de cinco anos a mais do que os sedentários.

Dessa forma, a prática de meia hora de exercícios seis dias por semana está ligada a uma redução de 40% no risco de morte em pessoas com mais de sessenta anos. O estudo mostrou ainda que qualquer tipo de exercício tem impacto no prolongamento da vida.

Postado em: Podcast


Fundação FAFIT de Rádio e TV Educativa

R. Krikor Derderian, 208
Itararé / SP - CEP: 18460-000
Fone: (15) 3531-1930

Programação

Podcast

  • Os mais acessados
  • Os mais comentados
  • Próximos Podcasts

Institucional

  • Contato
  • Equipe
  • A Emissora

Redes Socias